Um erro gravíssimo que empresários ainda cometem é acreditar que, por adotar a nota fiscal eletrônica, as mercadorias não precisam circular com nenhum documento. Foi justamente por isso que o governo elaborou o Danfe.

Quer aprender o que é Danfe, seu layout e as benefícios? Então continue lendo!

Mas afinal, o que é Danfe?

Danfe significa Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (NFe). Este documento é uma representação gráfica da Nota Fiscal Eletrônica, já que ela só existe de forma digital.

Este documento deve acompanhar os produtos em trânsito para comprovar a operação comercial por trás daquela entrega. Vale lembrar que mercadorias sem comprovação, como a nota fiscal e o Danfe, podem ser apreendidas ou multadas, dependendo do estado brasileiro.

Vale reforçar que o Danfe não substitui a NFe e nem seu XML, que é quem possui validade jurídica e necessidade de armazenamento. O Danfe é apenas um documento de consulta com um resumo da Nota Fiscal Eletrônica.

Aprenda como e porque fazer o armazenamento dos XMLs das notas fiscais eletrônicas do seu negócio!

Outro ponto importante é que só pode existir um Danfe por Nota Fiscal Eletrônica. Um Danfe pode precisar de mais de uma folha, porém o código de barras da NFe precisa constar em cada uma delas. Outra peculiaridade deste documento é que ele pode ser impresso em quase todos os tipos de papéis, exceto papel-jornal.

Caso seja a nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e) que precise de uma representação gráfica não é caso para o Danfe e sim para o Danfse, ou Documento Auxiliar da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica.

Como é um Danfe?

O Danfe possui layout e elementos obrigatórios, entre eles uma chave eletrônica de 44 dígitos e um código de barras.

Além disso, precisam estar no Danfe dados que constam na Nota fiscal eletrônica, como data e hora de saída da carga, informações sobre o veículo (como placa e transportadora) e descrição dos produtos e etc.

Outro problema comum de penalidades sofridas pelas empresas é o uso de Danfes fora do layout obrigatório. O layout do Danfe pode ser consultado no Manual de Integração – Contribuinte no Portal da Nota Fiscal Eletrônica do Ministério da Fazenda.

Porém, é comum que haja atualizações desse modelo. Por isso, uma ferramenta de emissão e impressão de Danfes é muito útil para evitar de dor de cabeça.

Quais os benefícios de usar o Danfe

Não foque nas penalidades e sim nas várias vantagens que o Danfe pode trazer. Em primeiro lugar, pense como seria trabalhoso (em custos e em tempo) consultar as informações de um pedido sem Danfe. Sem ele, seria necessário usar programas para visualizar os XMLs.

Em segundo lugar, essa facilidade na consulta ajuda na questão do seguro da carga. Afinal, como assegurar uma carga sem uma declaração sobre o valor dela?

Além disso, quando o recebedor da carga não é o emissor de Nota Fiscal Eletrônica, o Danfe ajuda na escrituração contábil. Neste caso, o Danfe precisa ser arquivado pelas mesmas regras das notas fiscais, podendo ser exigido a qualquer momento.

Outro benefício do Danfe é pegar a assinatura do recebedor na entrega da carga, comprovando essa ação.

Como gerar o Danfe?

Por conta de sua relação com a Nota Fiscal Eletrônica, o Ministério da Fazenda recomenda que a emissão do Danfe utilize o mesmo sistema da nota. Assim, não há possibilidade de informações conflitantes.

O Bluesoft ERP, por exemplo, além de emitir nota fiscal eletrônica e nota fiscal eletrônica de serviço, gerencia xmls e imprimir o Danfe de todas as notas.

Além disso, o Bluesoft ERP possui facilidades para sua operação, como:

  • Itens ordenados por ordem alfabética (para facilitar a conferência, quando necessário).
  • Uma Danfe de uma NFe cancelada exibe a marca d’água “Cancelada
  • Possibilidade de enviar por e-mail a Nota Fiscal Eletrônica, o XML e também o Danfe.
  • E muito mais!

Conclusão

Agora você sabe o que é Danfe e sua utilidade para a operação de uma empresa, que tal conhecer mais sobre automatizar o processo de emissão de notas fiscais eletrônicas e impressão de Danfes?

Softwares de gestão empresarial, como o Bluesoft ERP, podem ajudar muito a ganhar tempo e confiabilidade nessas tarefas!