Fazer uma boa seleção de fornecedores é fundamental para o sucesso da operação de qualquer negócio. Esta escolha tem vários critérios além do preço.

Quer conhecer os critérios chave para escolher os melhores fornecedores para sua empresa? Então continue lendo!

Mas afinal, o que avaliar ao fazer seleção de fornecedores?

O tripé para a seleção de fornecedores é formado por qualidade, entrega e preço. Porém, existem outros itens a levar em conta nessa hora. Neste artigo vamos conhecer estes nove:

  • Qualidade
  • Entrega
  • Boa comunicação
  • Portfólio de produtos
  • Formas de pagamento
  • Preço
  • Reputação do Fornecedor
  • Estabilidade Financeira
  • Atualização / Inovação

A seguir, vamos nos aprofundar em cada um destes critérios.

 

Qualidade

Este critério é um dos mais estratégicos. Isto, porque a qualidade dos produtos que você oferece recai na reputação da sua empresa.

Para o consumidor não há diferença entre os papéis na cadeia de suprimento. Além disso, pense bem, oferecer um produto não é o mesmo que endossá-lo de alguma forma?

Ao avaliar qualidade de um produto é preciso observar a matéria-prima, processos de produção e embalagens. Verifique se o fornecedor adota alguma metodologia como a Six Sigma ou se possui certificações como a ISO.

Além disso, se o produto fornecido possui especificidades técnicas é fundamental que você selecione um fornecedor eficiente.

Entrega

Entrega é um critério que impacta diretamente a operação do seu negócio. Existem alguns itens que você deve avaliar, por exemplo:

  • Este fornecedor cumpre prazos?
  • Os produtos chegam com sua qualidade máxima na empresa?
  • Qual o custo do frete?
  • Há formas de obter o roteiro das entregas?
  • O fornecedor possui capacidade de aumentar a entrega? Ou seja, no caso do varejo, ele consegue atender demandas de datas especiais.

Boa comunicação

Um fornecedor deve ser acessível para responder dúvidas e ter um bom suporte aos clientes. Empresas que demoram a responder transparecem processos internos ruins, que, uma hora irão impactar na entrega e qualidade da produção.

Mas lembre-se que a qualidade na comunicação deve ser uma via de mão dupla.

Portfólio de produtos

Durante a seleção de fornecedores avalie também o portfólio de produtos que estes oferecem. Isso, porque há diversas vantagens em, quando possível, adquirir mais de um tipo de mercadoria de um mesmo fornecedor. Por exemplo:

  • Lidar com menos fornecedores
  • Aumentar o poder de negociação
  • Conseguir descontos atrativos
  • Receber produtos diferentes em uma mesma entrega
  • E muito mais!

Porém é preciso ter cautela: nunca sacrifique qualidade dos produtos por esta “comodidade”!

Formas de pagamento

Verifique o quão flexível é cada fornecedor e busque as melhores condições para pagamentos. Por exemplo, o fornecedor oferece:

  • Parcelamentos;
  • Prazos interessantes;
  • Meios de pagamento diversificados;
  • Descontos à vista;
  • Descontos por antecipação de pagamento.

Preço

Desconfie de fornecedores que ofereçam preços abaixo da média de mercado. Se você vai trabalhar pela primeira vez com um certo tipo de produto, faça uma boa pesquisa antes.

Preço nunca deve ser o critério mais importante ao fazer a seleção de fornecedores, mas deve ser levado em conta. Principalmente, quando há empate entre os critérios anteriores.

Reputação do Fornecedor

Muitas informações dos critérios de seleção de fornecedores podem ser difíceis de se conseguir antes de fechar um contrato. Afinal, que fornecedor vai dizer que possui problemas de logística durante uma reunião comercial, não é mesmo?

Por isso, uma boa forma de conhecer um fornecedor é avaliar sua reputação, através do que chamamos de “Validação Social”.

Busque suas conexões em outras empresas que contratam ou já contrataram os serviços deste fornecedor e peça recomendações. Além disso, cheque redes sociais e sites em busca de comentários negativos e até para verificar se ele é conhecido no meio.

Dependendo do ramo do fornecedor, o Linkedin é um ótimo aliado. Outra ferramenta útil para verificar a reputação de uma empresa na internet é o Reclame Aqui.

Além disso, verifique o posicionamento daquele fornecedor. Ele está alinhado com boas práticas ambientais? A visão, missão e valores do fornecedor está de acordo com a que sua empresa prega?

Estabilidade Financeira

Se a empresa fornecedora estiver com problemas financeiros, com certeza, isso impactará em sua entrega e qualidade de produção.

Por isso, antes de fechar um contrato verifique a situação da empresa junto aos órgãos fiscais e se seus tributos estão pagos.

Atualização / Inovação

Seus clientes estão cada vez mais exigentes, por isso seus fornecedores não podem estar “parados no tempo”. Entenda que um fornecedor atualizado nas melhores práticas do mercado consegue melhorar a capacidade de produção e até reduzir custos!

Inclusive, quando perceber que um fornecedor não busca inovar ou está desatualizado, é uma boa hora de abrir uma nova seleção de fornecedores.

Dica extra: Faça um cadastro de fornecedores!

Imprevistos podem acontecer nas duas pontas da relação. Por isso, para evitar que sua operação seja prejudicada é ideal montar um cadastro de fornecedores.

Um cadastro de fornecedores é um a reunião das principais informações de fornecedores para consulta. Esta lista deve conter informações importantes, como por exemplo:

  • Dados de contato (telefone e e-mail);
  • Endereço;
  • Prazos e formas de pagamento;
  • Tempo médio de entrega depois do pedido realizado;
  • Preços já orçados;
  • Qualidade / variedade dos produtos disponíveis.

Com um bom cadastro de fornecedores a demanda da sua operação estará sempre garantida.

Se o seu modelo de negócios for complexo o ideal é criar uma área de compras. Isso vai ajudar a ter regras e critérios específicos para avaliar cada tipo de fornecedor, melhorando seus processos internos.

Inclusive, um software de gestão empresarial pode ajudar muito no cadastro de fornecedores e nas rotinas da área de compras. Busque uma solução que permita controlar informações de contratos, pedidos e prazos com estes parceiros, como o Bluesoft ERP.

A saúde da sua operação e lucratividade está em fazer uma boa seleção de fornecedores. Portanto, tire toda e qualquer dúvida dos fornecedores e tome a melhor decisão.

Quer ficar por dentro dos últimos conteúdos que a Bluesoft produz para você? Então inscreva-se em nossa newsletter no canto superior direito desta página.