Autor: Renan Ferreira

Incorporação de Lojas

Cadastros -> Básicos -> Lojas -> Consulta e Pré-Cadastro de Lojas Foi realizada uma melhoria no Bluesoft ERP que permitirá os usuários a cadastrar informações da Incorporação de Lojas. Com isso, os usuários poderão realizar a apuração de tributos e a geração do SPED ICMS/IPI e Contribuições quando a incorporação é feita dentro da competência, respeitando as regras de geração. “Incorporação, segundo Código Civil Brasileiro, é quando uma ou várias sociedades são absorvidas por outra,  que lhes sucede em todos os direitos e obrigações”. Para realizar a incorporação, deverá no dia inicial, antes de mudar os dados da Loja, incorporar a Loja, veja: Os dados ficarão informados no cadastro da Loja incorporada, na aba Loja -> Incorporação, veja abaixo: Na apuração de Tributos, quando selecionar a loja e competência que tiver ocorrido a incorporação, será exibido duas abas, uma com os totalizadores antes da incorporação e outra com os totalizadores após a incorporação, segue exemplo:   Permissão: 1994 – Cadastro de Incorporação de Lojas. Observações: – Ao clicar em apurar os impostos, será realizada a apuração de ambas as abas; – Na geração do SPED ICMS/IPI, serão gerados 2 arquivos (com registros antes e após a incorporação); – Na geração do SPED Contribuições, será gerado 1 arquivo com registros antes da incorporação, e os registros após a incorporação serão consolidados na loja incorporadora). Importante: Na data inicial da incorporação, o usuário...

Read More

A importância da correta classificação da NCM nos produtos

A sigla NCM  significa “Nomenclatura Comum do MERCOSUL”, trata-se de um código de oito dígitos utilizado para identificar a natureza das mercadorias, veja a estrutura: Pela NCM podemos identificar o produto e em vários casos informar a correta tributação a ele aplicável, qual a tributação do PIS e COFINS em seus regimes cumulativo e não-cumulativo, se a NCM esta em algum convênio para tributação do ICMS ST entre os estados etc, por isso, cada vez mais o fisco utiliza a NCM para alterar a tributação a determinados produtos. Veja um exemplo no qual o fisco usa a NCM para alterar a tributação e divulgar aos contribuintes: “Para aplicar o regime de substituição tributária do ICMS, no estado de São Paulo é usada a descrição bem como o NCM, veja na Decisão Normativa CAT 12/2009, dessa forma, quando há alguma alteração da tributação com relação ao ICMS ST, ela é feita especificando a NCM”. Devemos ficar atentos também, pois algumas empresas, tentando reduzir sua carga tributária, classificam os produtos com o NCM incorreto, por isso, a equipe fiscal deve estar atenta para não correr o risco de penalização pela solidariedade da irregularidade. Recentemente, também tivemos uma alteração na NF-e na qual deve ser enviado obrigatoriamente a NCM com 8 dígitos, e no futuro, ao transmitir a NF-e o código da NCM será validado, com isso podemos também ver a importância do produto estar com a NCM classificada...

Read More

Novidades da Release 128

Pensando na evolução dos processos de uma rede varejista e atacadista, a Bluesoft periodicamente libera novas versões do ERP com melhorias e ideias que foram pedidas pelos nossos clientes. Conheça abaixo as novidades entregues na versão 128: Consulta de Tributos Fiscais -> ICMS Novo filtro no Mapeamento Contábil -> Setores de Transferências Novo filtro na Consulta de Lançamentos Contábeis Apuração de Tributos -> Quantidade Registros Cancelados Novo demonstrativo das Retenções sobre Serviços Novo campo na inclusão de Nota Fiscal de Serviço Folha de Pagamento – Novo filtro para vincular duplicatas Permissão para editar parcelas de empréstimos tomados Consulta de Produtos na Visualização da NF-e semelhante a SEFAZ Menu Central – Inclusão de Favoritos Conciliação de extratos de depósito de cartões pela Administradora Gostou das novidades do Bluesoft ERP? Quer sugerir alguma mudança no sistema? Não deixe de entrar em contato com a nossa equipe especializada de suporte! Clique aqui para visualizar as novidades...

Read More

Balanço Patrimonial – Modelo 3

Contábil > Demonstrativos > Balanço Patrimonial Permissão – 1934 – Balanço Patrimonial O balanço patrimonial é uma demonstração contábil que tem, por finalidade, apresentar a posição contábil, financeira e econômica de uma entidade (em geral, uma empresa) em determinada data, representando uma posição estática (posição ou situação do patrimônio em determinada data). Disponibilizamos o Modelo 3, que reflete o visual do modelo 2 versus o layout do modelo 1 (Coluna Ativo e Passivo lado a lado), veja como emitir na tela abaixo: Para saber mais, acesse no portal de ajuda: Balanço Patrimonial Disponível na versão...

Read More

Nova Versão PVA SPED ICMS/IPI 2.1.1

Foi disponibilizado no site do Sped, o programa validador da Escrituração Fiscal Digital (EFD) ICMS/IPI, versão 2.1.1. Observando-se que a versão anterior (2.1.0) poderá ser utilizada até 20.01.2015. Principais alterações: • Inclusão do validação de código no registro 1400 conforme exigência de cada estado (registro 0200 ou tabela do estado). • Registro 0200 – Alteração da obrigatoriedade do campo COD_ANT_ITEM que não poderá ser informado. Alteração no tipo do campo COD_LST para C, tamanho 5, no formato NN.NN. • Registro 0220 – Obrigatoriedade deste regisgro quando o campo COD_ITEM do registro 0200 tiver sido utilizado no campo COD_ITEM_DEST do registro K220 e este tiver unidade diferente do COD_ITEM informado no campo COD_ITEM_ORI. • Registro C370 – Inclusão de regra para verificação de numero sequencial de item. • Registro D411 – Inclusão de regra para verificação do número do documento – NUM_DOC_CANC dentro do intervalo de cancelamento. Sped Fiscal 2.1.1 – www.receita.fazenda.gov.br/sped   Equipe Bluesoft São Paulo, 13 de janeiro de...

Read More

Conteúdo Vip





Categorias

Conheça também!

Acelerato: Gestão de chamados rápido e fácil, acesse e experimente gratuitamente.

Bluesoft

O Este Blog é propriedade da Bluesoft.
Entre em nosso site e saiba mais sobre nossos valores, produtos e empresa.

Bluesoft