Neste papo express Wilson Souza fala sobre Margem de contribuição.

A sua empresa vende, paga pelo custo da mercadoria, recolhe tributos sobre as vendas e quita despesas variáveis. O que sobra para cobrir as despesas fixas e gerar receita é a chamada margem de contribuição ou MC. E ai a conta é simples, caso ela seja superior às despesas Você tem lucro. caso não, prejuízo.

A margem de contribuição permite não só prever o lucro obtido com as vendas, como definir uma precificação mais assertiva. Você deve calcula-la em valor e em percentual por produto, categoria, setor e empresa. É o equilíbrio entre a margem alta de alguns produtos e a margem baixa de outros que garante o lucro da sua empresa.

Entender a sua MC é essencial para definir estratégias de negócios. Por exemplo, em alguns casos a empresa que conhece seu limite, pode optar por uma margem de contribuição total inferior às despesas fixas, para ser mais competitiva em preço. Apesar de estar trabalhando no vermelho ela pode conquistar mais clientes e aumentar sua participação no mercado.

A margem de contribuição deve ser estimada para ajudar na definição de preços e no controle das despesas variáveis. Portando, enxergue ela como um indicador capaz de propor caminhos mais seguros para sua gestão supermercadista.

Assista ao vídeo. =D

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/em-defesa-da-margem/calcule-a-margem-de-contribuicao-e-amplie-rentabilidade