A Black Friday é uma das datas mais fortes do varejo em todo o mundo. Mas como será que funciona a Black Friday em supermercados? Será que o mercado brasileiro já abraçou essa data?

Preparado para aprender como desenvolver a Black Friday em supermercados e aumentar suas vendas? Então continue lendo!

Mas o que é Black Friday?

Black Friday é um termo criado pelo varejo dos Estados Unidos para marcar o início das compras de Natal. Após o feriado de Ação de Graças, vários tipos de comércio oferecem descontos agressivos em suas mercadorias.

A Ação de Graças é celebrada na penúltima quinta-feira do mês de novembro. Desse modo, a Black Friday é sempre na penúltima sexta-feira desse mês.

Devido ao grande sucesso de vendas que a data promove, ela vem sendo adotada por outros países como Canadá, Austrália, Reino Unido, Portugal e também o Brasil.

Black Friday no Brasil

A primeira Black Friday do Brasil aconteceu em 2010 e foi totalmente online. De lá para cá, a data foi caindo nas graças dos consumidores e hoje é um pico de vendas para vários negócio.

O evento não tem regulamentação, nem organização centralizada de qualquer empresa. Portanto, qualquer negócio – tanto virtual, quanto físico – pode fazer promoções com o nome Black Friday.

Black Friday em Supermercados

Como dissemos, hoje a Black Friday é uma data forte para diversos tipos de negócios varejistas e isso inclui supermercados.

Principalmente os mercados de grande porte e hipermercados que vendem móveis, eletrônicos e eletrodomésticos, além de alimentos, produtos para casa e perfumaria.

Porém, para garantir que a Black Friday em Supermercado realmente aumente as vendas do negócio é preciso um bom planejamento. Caso contrário, ao invés de não atrair novos clientes, é possível perder a confiança dos já conquistados.

Por isso, separamos dicas infalíveis para o seu supermercado ter a Black Friday dos sonhos.

Dicas para planejar a Black Friday

A Black Friday é uma excelente oportunidade para queimar estoque ocioso, aumentar as vendas e atrair novos clientes. Porém, é preciso um bom planejamento e uma conduta honesta na hora de criar suas promoções.

Veja algumas dicas para você planejar a Black Friday do seu negócio:

  1. Planeje a Black Friday com antecedência;
  2. Seja honesto;
  3. Tenha foco na negociação com fornecedores;
  4. Planeje muito bem suas campanhas de Marketing;
  5. Foco no e-commerce;
  6. Estude estender as promoções;
  7. Use dados para estimular vendas;
  8. Atraia, encante e fidelize clientes;
  9. Reforce o atendimento ao cliente;

Agora, vamos nos aprofundar em cada uma dessas dicas:

Planeje a Black Friday com antecedência

Um dos segredos para uma Black Friday de sucesso é se programar com bastante antecedência. Inclusive, há especialistas em Marketing e Vendas que apontam 100 dias de antecedência como o mínimo para começar.

Coloque todas as áreas da empresa (marketing, logística, comercial, estoque e tecnologia) para trabalhem juntas. Pense que a Black Friday pode ser seu primeiro contato com muitos clientes e eles só voltarão à loja se ficarem satisfeitos.

Seja honesto

Em se tratando de Black Friday no Brasil vale destacar a importância da honestidade. No país já aconteceram vários casos de falsas promoções, o que gerou expressões como “Tudo pela metade do dobro” e “Black Fraude”. Inclusive, há vários sites que mostram a evolução dos preços de produtos ao longo dos meses justamente para alertar sobre falsas promoções.

Isso é ainda mais grave para supermercados, pois muitas vezes o shopper vai comprar produtos que conhece o preço médio. Portanto, vai perceber facilmente quando uma promoção não for tão boa quanto diz.

Busque ter uma gestão transparente e ofereça descontos reais com o máximo possível de informações. Dessa forma, você satisfaz o cliente e evita reclamações.

Tenha foco na negociação com fornecedores

Todo varejista sabe que uma boa negociação com fornecedores é o caminho para oferecer preços mais baixos. Na Black Friday, um desconto para ser bom precisa ser agressivo e isso nasce de uma boa negociação.

Inclusive, caso haja dificuldades pode ser interessante fazer uma nova seleção de fornecedores.

Planeje muito bem suas campanhas de Marketing

Planeje bem como você vai comunicar suas promoções para clientes e atrair a atenção de outras pessoas. Não se esqueça que a Black Friday no país nasceu na internet, então é importante ter uma estratégia de Marketing Digital além de ações em mídias offline.

Capriche nos processos tradicionais, como por exemplo, um bom encarte, ações de visual merchandising, cross merchandising e mais.

Se você já tem uma base de clientes, o e-mail marketing pode ser uma excelente forma de atrair e conversar com eles. Inclusive, procure trabalhar com listas segmentadas para não estressar a base. Dificilmente um homem solteiro vai se interessar por promoções de fralda, não é mesmo?

Caso não tenha muitos dados, é possível enviar um e-mail mais genérico com diversos produtos e qualificar essa base de acordo com as escolhas e os cliques que eles fizeram.

Há outras excelentes ferramentas como campanhas em redes sociais, anúncio do encarte na mídia, remarketing, etc.

Agora, se sua empresa não possui uma base de clientes… é hora de começar uma para ontem! Existem algumas formas para isso, como por exemplo, adotar um e-commerce como canal de vendas, criar um Programa de Fidelidade ou oferecer cartões próprios (como os Private Label).

Foco no e-commerce

Hoje a Black Friday é uma data importante tanto para o varejo offline quanto para o online. Por isso, capriche na loja física e no e-commerce também.

O mercado de compras pela internet têm crescido nos últimos anos, impulsionado por grandes varejistas que criaram seus e-commerces e startups que estão trazendo inovação (e preço baixo).

Há inúmeros benefícios para um supermercado ter um e-commerce, desde atrair mais cliente, como oferecer comodidade àqueles que já conhecem a marca.

Na Black Friday o cliente já criou o hábito de ir às compras com smartphone em punho para comparar preços e condições. Portanto, use isso a seu favor!

Além disso, um e-commerce é uma ótima ferramenta para criar uma base de clientes. Inclusive, com esses dados é possível divulgar promoções para os cadastrados com antecedência.

Outro ponto nessa estratégia é quando o e-commerce do Supermercado conta com um aplicativo. Nesse modelo, é possível até mesmo enviar notificações para os clientes para atrair sua atenção.

Estude estender as promoções

Podemos dizer que o brasileiro já está “abrasileirando” a Black Friday. Um dos fatores disso é o fato de criações como as Black week (semana negra), Black Weekend (fim de semana negro) e Black month (mês negro) ou mesmo os já famosos Esquenta Black Friday. Nessa estratégia se busca atrair a atenção do cliente por mais tempo e não apenas no dia exato da Black Friday.

Por isso, estude estender as promoções para garantir um novembro positivo, mas atenção: guarde as promoções mais significativas para o dia da Black Friday para manter o interesse pela data.

Outra dica importante é aproveitar a estratégia de Ofertas Relâmpago, uma tradição em supermercados. Pode ser interessante criar, no dia da Black Friday, um cronograma de super Ofertas Relâmpago. Faça com que o cliente queira passar horas na sua loja, curioso com a próxima promoção a ser anunciada.

Use dados para estimular vendas

Quando se tem dados sobre a previsão de demanda de lojas é possível tomar decisões que visam o aumento das vendas, como por exemplo, promoções, reforçar estoques, etc. Percebe a importância disso para uma estratégia de Black Friday?

Quando se adota um bom sistema de gestão empresarial (ERP) é possível contar com funcionalidades que permitem o aumento das vendas de forma sustentável. O Bluesoft ERP oferece em seu módulo de Business Intelligence (BI) por exemplo:

Atraia, encante e fidelize clientes

A Black Friday em Supermercados é uma ótima oportunidade para aumentar as vendas. Por isso, tenha especial atenção no cliente e busque atrair, encantar e fidelizá-lo.

Uma forma interessante para isso é oferecer condições especiais aos clientes que já efetuaram compras em sua loja ou e-commerce. Esta é uma ótima estratégia de fidelização de clientes que pode gerar ainda mais lucro para sua empresa.

Reforce o atendimento ao cliente

O varejo de alimentos é um tipo mercado extremamente competitivo que enfrenta diversas dificuldades como Ruptura de Estoque, Margem de Lucro baixa, etc.

Uma das imagens que vem às nossas cabeças ao se falar em Black Friday é grande aglomerado de pessoas ao abrir de uma loja. Por isso, é importante sempre ter especial atenção ao atendimento no Supermercado.

Prepare sua equipe com treinamentos especiais para a época, cheque duas vezes preços e posição de produtos e estude até mesmo aumentar o número de funcionários nas lojas. Por mais que um supermercado seja marcado pelo autoatendimento, pode haver confusão e dúvidas sobre preços e produtos.

Conclusão

Percebe o impacto que a Black Friday pode fazer na receita do seu supermercado? Aproveite a Black Friday para aumentar vendas, conquistar novos clientes e melhorar o relacionamento com os atuais.

Ótimas vendas!

Que tal ficar por dentro dos últimos conteúdos da Bluesoft? Então inscreva-se em nossa newsletter no canto superior direito desta página.