Para muitos gerentes, lideres e até mesmo para o proprietário de um comércio, independente de seu segmento, uma das grandes preocupações é eliminar ou previnir as perdas ou quebras de mercadorias. Atualmente temos dois tipos de perdas as Conhecidas e Desconhecidas.

Nas situações de quebra ou perda, as duas são consideradas como prejuízos financeiros, sendo que afeta diretamente a margem lucro da empresa, pois significa que a mercadoria adquirida deveria se transformar em venda, só que por algum motivo essa venda não ocorreu.

Uma das formas mais comum de descobrir as perdas são através de inventários periódicos, que nada mais é do que a contagem frequente de estoques com foco nos departamentos ou subgrupos de produtos, onde geralmente a perda é mais recorrente.

Então podemos classificar a perda conhecida e desconhecida da seguinte maneira:

Conhecida: São produtos que fisicamente não estão no inventário ou em alguma lista de controle, mas se sabe o motivo de não constarem nessas contagens.

Desconhecida: São produtos que deveriam estar fisicamente no inventário ou em alguma lista de controle, mas não são encontrados e não se sabe o motivo de não terem encontrados.

Por exemplo, sua loja comprou 100 pacotes de biscoito que entraram no seu estoque. Dessa quantia, 20 pacotes foram para a gôndola e o sistema aponta que 10 foram vendidos. Isso significa que ainda há, ou deveria haver, 10 na gôndola e 80 no estoque, compondo um total de 90 pacotes.

Porém no dia seguinte ao primeiro dia de vendas, ao fazer-se um inventário, descobre-se que, ao invés de 90, restam 86 pacotes de biscoito. Os 10 da gôndola estão lá, como aponta a conferência de um profissional, mas no estoque, onde deveria haver 80, há apenas 76 pacotes, de acordo com o inventário. Os quatro pacotes, até que sejam encontrados, configuram perda. Se os pacotes não forem encontrados e a causa da perda não for descoberta temos o que se convencionou chamar de quebras ou perdas desconhecidas.

A ABRAS atua em parceria com o Provar, o Canal Varejo e a Nielsen na elaboração da Pesquisa de Avaliação de Perdas no Varejo, que estuda como e porque as perdas ocorrem, o que as empresas estão fazendo para evitá-las ou minimizá-las, quais são os investimentos na área de prevenção e controle, entre outros aspectos fundamentais.

Abaixo dados da pesquisa realizada em 2015.

 

Fonte da pesquisa: Abras

O Bluesoft ERP possui um ecossistema de módulos e funcionalidades pensados justamente para maior controle e evolução da sua empresa, aumento de suas vendas e lucratividade. Entre em contato e descubra como podemos ajudá-lo ou acesse no site Bluesoft.com.br.

Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica?
Por favor deixe seu comentário no final da página.
Até a próxima!

Ricardo Machado

Analista de Negócios – Vendas