indicadores

Se você também fica perdido no jornal de economia e não faz idéia dos principais indicadores econômicos, não fique preocupado! Resumimos para você os 7 Principais Indicadores Econômicos de maneira Simples e Descomplicada, desta forma temos certeza que você vai ficar bem mais seguro em falar de economia, a qualquer hora do dia.

Vamos lá.

 

1 – PIB

pib 1.9 Conhecido como ‘Produto Interno Bruto’, é a soma de todas as riquezas produzidas pelo Pais como bens, produtos e serviços. O PIB é um dos principais indicadores econômicos e está ligado ao Consumo, quanto maior é o consumo, maior o PIB do Pais. De acordo com o Wikipedia o Pib do Brasil em 2014, foi de R$ 5,521 trilhões com previsão de contração de 4,5% no ano de 2015.
 

2 -PIB Per Capita

Mede a renda média de cada cidadão, calculado a partir da divisão do PIB pelo número de habitantes da região e indica quanto cada habitante produziu em determinado período. Os recentes números divulgados pelo FMI apontam que o PIB per capita será de US$15,9 mil em 2015, abaixo dos US$ 16,1 mil de 2014.

A Economia é uma grande roda, todos os assuntos são interligados, quando um preço aumenta, o consumo reduzindo as empresas deixam de produzir (bens e serviços) o que impacta diretamente no PIB. 
 

3 – IDH

idh pontosÍndice de Desenvolvimento Humano é uma resumo dos três pilares básicos para o desenvolvimento humano: Renda, Educação e Saúde. Quanto mais próximo de 1 (melhor o IDH e a qualidade de vida do cidadão), na ultima pesquisa divulgado, o Brasil possui um IDH de 0,699 e atualmente ocupa o 73° lugar no ranking mundial.
 

4 – INPC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor, é um indicador que deve ser observado pelo varejista, pois retrata a variação de preço de mercadorias como (arroz, feijão, frutas) apontando aumento do custo de vida da população com renda até 5 salários-mínimos. O INPC mede inflação para as famílias de menor renda.
 

5 -IPCA

grc3a1fico-1 Índice de Preços ao Consumidor Amplo, também aponta a alterações de preço de 465 setores, tais como alimentação e bebidas; artigos de residência; comunicação; despesas pessoais; educação; habitação; saúde e cuidados pessoais; transportes e vestuário, abrange as famílias com rendimentos mensais compreendidos entre 1 e 40 salários-mínimos. IPCA mede a inflação para todas as famílias. 
 

6 – IGP-M

Índice Geral de Preços do Mercado, ele registra a inflação de preços variados, desde matérias-primas agrícolas e industriais até bens e serviços finais. É muito usado na correção de aluguéis e tarifas públicas, como conta de luz. Confira os últimos dados do IGP-M.
 

7 – Taxa SELIC

Taxa Selic é uma média ajustada dos financiamentos diários apurados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais e serve como referência para todas as outras taxas que existem na nossa economia. Costuma-se dizer que a Taxa Selic é a menor taxa de juros praticada no mercado, claro que os bancos aplicam taxas muito maiores, considerando outros fatores como Custos e inadimplencia, por isso vemos emprestimos e financiamentos com taxas muito superiores a SELIC.
 

Tenho certeza que agora o jornal de economia ficará bem mais interessante, afinal você já sabe a funcionalidade dos principais indicadores, e já está preparado para discutir economia com todos!

 
Gostou?
Tem alguma dúvida, sugestão ou critica? Por favor deixe seu comentário no final da página.
Até a próxima!

Deixe um comentário!

Vitória Souza

Consultora de Sistemas ERP