Você sabe qual a diferença entre Lucro Bruto e Lucro Líquido? Não entender os conceitos pode dificultar a análise de resultados da empresa e até a elaboração do planejamento estratégico.

Preparado para descobrir o que é Lucro Bruto, o que é Lucro Líquido e a diferença entre eles? Então continue lendo!

Afinal, o que é lucro bruto?

O Lucro Bruto é o resultado vindo exclusivamente da operação de um negócio. Desse modo, ele leva em conta somente a receita total (das vendas) e o custo para produzir / oferecer um produto ou prover um serviço.

Inclusive, o Lucro Bruto também é conhecido como lucro das vendas ou lucro operacional bruto.

Para entendermos melhor o que é lucro bruto é preciso conhecer os conceitos de custo variável e receita total.

Custo variável é o conjunto de custos necessários para a produção do bem ou serviço que será vendido. Este tipo de custo é variável, pois depende das quantidades produzidas e vendidas. Como exemplo podemos citar: matéria-prima, embalagens, impostos e comissões.

Enquanto isso, podemos chegar na receita total ao multiplicar a quantidade vendida pelo preço de venda do item.

Vale reforçar que há diferença entre o lucro bruto e o lucro operacional. Inclusive, o lucro operacional leva em conta o lucro bruto em seu cálculo, ou seja, este é uma etapa anterior.

Como calcular o Lucro Bruto?

Lembre-se, antes de memorizar qualquer fórmula é importante entender a relevância desse resultado (número) para a administração do negócio.

Até porque, há várias fórmulas que podem ser usadas para se calcular o Lucro Bruto. Por exemplo:

Lucro Bruto = Receita Total – Custo Variável

Lucro Bruto = Receita Total – CMV

Lucro Bruto = Vendas Brutas – Deduções de Vendas – CMV

Lucro Bruto = Vendas Líquidas – CMV

Por exemplo, o lucro bruto de uma empresa varejista vai levar em conta o valor de aquisição das mercadorias comercializadas. Já uma indústria vai utilizar o que custo da matéria prima e o de produção.

Há especialistas que apontam que o Lucro Bruto deve usar somente o Custo das Mercadorias Vendidas (CMV). Porém, isso vai variar de acordo com o seu modelo de negócios e é importante observar todos os custos das vendas com atenção.

Vamos pensar um pouco…

Geralmente, contas de luz e água são custos fixos. Porém, algumas indústrias consomem mais recursos em sua produção, então pode ser interessante trazer isso para o cálculo. Esse mesmo caso também pode ser aplicado para supermercados com padaria e açougue, por exemplo.

É importante dizer que Venda Líquida é o resultado de Vendas Brutas – Deduções de Vendas. Essas Deduções de Vendas levam em conta vários fatores, por exemplo, Devoluções, Descontos e Impostos sobre Vendas (ISS, ICMS, PIS e Cofins).

Mas o que é Lucro Líquido?

O Lucro Líquido é o resultado das vendas de uma empresa que leva em conta os custos totais da empresa, ou seja, os custos variáveis e os custos fixos.

Desse modo, seu resultado retrata melhor a real lucratividade do negócio. Para entendermos o que é lucro líquido é necessário primeiramente conhecer os conceitos de custo fixo e custo total.

Custos Fixos são todos aqueles que não dependem da quantidade produzida, como por exemplo, salários e aluguel do espaço. Já o Custo Total compreende a soma dos custos variáveis e dos custos fixos.

Como calcular o Lucro Líquido?

Agora que você conhece os conceitos usados na formação do Lucro Líquido é importante ver algumas formas para calcular esse número.

Lucro Líquido = Lucro Bruto – Despesas Fixas*

Lucro Líquido = Receita Total – Custo Total

* É possível encontrar especialistas que apontam que a fórmula do Lucro Líquido é Lucro Bruto – Despesas (Fixas e Variáveis). Porém, note que há cálculos do Lucro Bruto já subtraíram os custos variáveis. Cuidado para não subtrair o mesmo número duas vezes, pois isso, com certeza, resultará em um erro.

Importância de conhecer a diferença entre o Lucro Bruto e o Lucro Líquido

Com o valor do Lucro Líquido de uma empresa é possível saber se ela está, de fato, dando lucro ou prejuízo. Isso, pois calcular somente o Lucro Bruto pode dar uma falsa impressão que os negócios vão bem.

Além disso, tanto o Lucro Bruto quanto o Lucro Líquido são base para importantes indicadores-chave de desempenho, métricas e até apuração de impostos. Por exemplo:

  • E muito mais!

Conhecendo o Lucro Líquido, é possível separar reservas de lucro e até pagar dividendos a sócios e acionistas.

É importante destacar que o Lucro Bruto e o Lucro Líquido podem ser apurados através do Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE).

Outro ponto importante, é que tanto o Lucro Bruto quanto Lucro Líquido utilizam a receita vinda da atividade-fim da empresa em seu cálculo. Porém, um negócio pode ter outras formas de receita, como por exemplo, dividendos de investimentos.

Dificuldades em calcular o Lucro Bruto e o Lucro Líquido?

Como vimos, há várias formas de calcular o Lucro Bruto e o Lucro Líquido e de compor as variáveis utilizadas. A análise desses dados pode ser feita consultando diversos relatórios, alguns contábeis outros gerenciais.

Por isso, é importante possuir um software que forneça a você as informações necessárias para realizar seu planejamento. Trazer mais simplicidade para a gestão das empresas é uma das funções de um Sistema ERP.

Busque um sistema ERP que ofereça relatórios detalhados sobre as mais diversas rotinas empresariais. Inclusive, verifique se a solução contratada conta com um módulo de Business Intelligence, uma ferramenta que consegue transformar dados brutos em informações significativas para o negócio.

No Bluesoft Intelligence, contamos com alguns dashboards nos quais é possível fazer a análise detalhada do lucro da sua empresa. Oferecemos diversos dashboards e frequentemente lançamos novos para facilitar a tomada de decisão dos nossos clientes.