content1-e1417095933930

Basicamente a diferença entre Exaustão, Depreciação e Amortização esta nos tipos patrimoniais que receberão a redução, os tipos são: Intangível, Tangível e Recursos Naturais esgotáveis.

A amortização é a redução do valor dos bens Intangíveis, a depreciação dos bens tangíveis, já a exaustão é a redução dos bens referentes aos recursos naturais esgotáveis.

Amortização

A amortização consiste na alocação sistemática do valor amortizável de ativo intangível ao longo da sua vida útil, ou seja, o reconhecimento da perda do valor do ativo ao longo do tempo.

Um ativo intangível com vida útil definida deve ser amortizado, e a despesa de amortização para cada período deve ser reconhecida no resultado.

Como exemplos de intangíveis, os direitos de exploração de serviços públicos mediante concessão ou permissão do Poder Público, marcas e patentes, softwares e o fundo de comércio adquirido.

Mensalmente deve ser contabilizada a amortização desses bens, em conta redutora específica.

Alguns exemplos de Ativos que sofrem Amortização:

  • Marcas e Patentes
  • Softwares e Websites
  • Direitos Autorais
  • Know-How (no caso de transferência de propriedade intelectual, métodos produtivos, etc.)
  • Tecnologia

Depreciação

Para fins contábeis, a depreciação indica o quanto do valor de um ativo foi utilizado. Para fins tributários, as empresas podem deduzir o custo dos ativos tangíveis que compram como despesas de negócio, no entanto, as empresas devem depreciar estes ativos de acordo com as regras da Receita Federal sobre como e quando a dedução pode ser tomada com base no que o ativo é e quanto tempo vai durar.

Métodos Existentes

  • Método linear, também conhecido como da cotas constantes
  • Método da soma dos dígitos
  • Método das unidades produzidas

Alguns exemplos de bens que sofrem Depreciação:

  • Edifícios
  • Máquinas e Equipamentos
  • Móveis e Utensílios
  • Instalações
  • Veículos
  • Computadores e Periféricos

Exaustão

É a redução do valor de investimentos necessários à exploração de recursos minerais ou florestais. A medida que os recursos minerais vão se exaurindo, registra-se na contabilidade, simetricamente conhecida como jazida, a quota de exaustão.

Tratando-se de floresta natural, a quota de exaustão será determinada mediante relação percentual entre os recursos florestais extraídos no período e o volume dos recursos florestais existentes no início do mesmo período.

Alguns exemplos de bens que sofrem os efeitos da Exaustão:

  • Florestas
  • Jazidas de metais (ferro, ouro, alumínio, etc.);
  • Jazidas de rochas
  • Canaviais ou pastagens
  • Reservas de petróleo

No Bluesoft ERP temos o módulo patrimonial que controla a parte de depreciação e amortização dos bens de sua empresa, e também no Bluesoft Intelligence o dashboard de Controle de Itens Patrimoniais que ajuda você a saber o valor de seu ativo patrimonial, o valor de depreciação e residual e os impostos recuperáveis PIS e COFINS, veja como funciona clicando aqui.

Captura de Tela 2015-10-23 às 17.20.16

Renan Ferreira 

Analista de Negócios – Tributário