money problem

O objetivo de qualquer gestão financeira é encontrar formas de aumentar os lucros o máximo possível. Porém muitas vezes alguns deslizes podem ser cometidos nesse processo que, ao invés de causar o efeito desejado, acabam causando prejuízos.

Conheça agora quais são os erros mais comuns da gestão financeira e saiba como evita-los.

1. Não efetuar o controle do Fluxo de Caixa

Registrar todas as operações para manter o Fluxo de Caixa muitas vezes pode ser trabalhoso. Por isso, descuidar-se do controle é um dos erros mais comuns na gestão financeira.
Apesar disso, o Fluxo de Caixa nunca deve ser deixado de lado. Ele é capaz de agir como um norte para a gestão, pois através dele é possível identificar receitas e despesas bem como suas origens, oferecendo assim o apoio necessário para tomadas de decisões estratégicas.
 

2. Aumentar ou diminuir preços sem critérios

Usar apenas de alterações de preços na tentativa de aumentar os lucros sem fazer um estudo adequado, pode muitas vezes acabar causando um efeito contrário. Isso porque a diminuição dos preços na tentativa de aumentar as vendas pode gerar problemas como a não cobertura dos custos com mercadorias, estoque insuficiente, entre outros. Já o aumento do preço com objetivo de aumentar o lucro pode dar vantagens competitivas aos concorrentes.
 

3. Tentar reduzir despesas diminuindo o número de funcionários

Esse também é um erro muito comum. Porém dispensar funcionários implica também na perda de propriedade intelectual bem como no risco da diminuição da qualidade de atendimento, além dos gastos gerados com indenizações. Portanto, essa é uma decisão que deve ser tomada com muito cuidado e apenas em casos realmente necessários.
 

4. Controle incorreto do Capital de Giro

A falta de controle de Fluxo de Caixa, por exemplo, pode acarretar em outros problemas como no gerenciamento do Capital de Giro. O não conhecimento das despesas e das receitas pode levar ao problema da falta da renda necessária para cobrir despesas nas suas datas de vencimento. Com isso, muitos gestores acabam recorrendo a recursos como empréstimos, porém esse tipo de solução pode acabar causando um efeito contrário ao desejado, uma vez que um empréstimo implica também em juros que por sua vez geram mais gastos para a empresa.
 

5. Não conhecer o ciclo completo das finanças

Conhecer a fundo a origem das suas receitas e onde seu dinheiro está sendo gasto é algo de extrema importância, pois assim é possível identificar e cortar gastos desnecessários e até mesmo maximizar a geração de receitas.
 

6. Não separar os gastos pessoais dos gastos da empresa

Este talvez seja um dos maiores erros na gestão financeira, especialmente para empresas que estão no início das suas operações. O ideal é que seja estabelecido um valor fixo de pró-labore e que este valor seja levado em consideração nos planejamentos financeiros.
 

7. Não possuir um sistema de gerenciamento

Um sistema de gestão pode trazer grandes contribuições estratégicas para o seu negócio. Através dele, é possível obter os resultados necessários para tomadas de decisões, torna visível todo o fluxo da gestão financeira de maneira simples e rápida, além de reduzir drasticamente o tempo gasto com controles manuais.
 
Portanto, para obter sucesso na sua gestão financeira e aumentar os lucros da sua empresa, o segredo é manter um controle rigoroso de todas as suas operações para posteriormente usar dessas informações como base para análise de resultados e tomadas de decisões. Para isso, a Bluesoft possui todas as ferramentas necessárias para ajuda-lo nesse processo, como o Bluesoft ERP para controle das suas operações, assim como o Bluesoft Intelligence que disponibiliza de diversos dashboards que apresentam resultados de maneira dinâmica e analítica.

Gleycielle Souza

Analista de Negócios – Financeiro