Sabemos que o mercado atual é muito competitivo e dinâmico, podemos considerar que isso não é somente relacionado as lojas físicas, ela também é muito forte nas vendas de e-commerce.

Uma frase interessante de Philip Kotler em uma de suas publicações no ano de 2000, apesar de já fazer 15 anos, ainda retrata bem a nossa realidade. Veja.

“O sucesso de uma organização depende não só de as características de seus negócios atenderem aos requisitos-chave de êxito na operação em mercados-alvo, mas também de superarem os pontos fortes dos concorrentes.” (KOTLER, 2000, p.98)

 

Listamos algumas dicas importantes para que você:

 

1. Conheça seus concorrentes

Um dos pontos iniciais é identificar quem de fato, é o seu concorrente. Para não acontecer erro no conhecimento, primeiramente, conheça seus concorrentes, aqueles que atuam no mesmo ramo ou prestam o mesmo serviço ou para o mesmo público-alvo. Em muitos casos algumas empresas varejistas de porte menor, querem considerar como concorrente um de grande porte, mesmo que seja do mesmo segmento.

 

2. Análise das diferenças

Após conhecer seus verdadeiros concorrentes, faça uma análise e descubra seus pontos fortes e fracos e não esqueça de focar nesses pontos. O interessante é criar pesquisas ou até mesmo planilhas apontando o que diferencia sua empresa do seu concorrente.

 

3. Veja as oportunidades

A análise dos pontos fortes e fracos estão praticamente ligados ao controle de como a empresa determina esses pontos. Ao observar seus concorrentes é importante também verificar que alguns pontos não estão em seu controle, com isso onde determinará as oportunidades ou ameaças.

As oportunidades e ameaças podem ser classificadas em diversas categorias. Podem ser fatores econômicos ou até um concorrente novo. Por exemplo, uma padaria onde seu foco principal é a venda de pães, bem próximo está para inaugurar um supermercado onde o mesmo terá uma padaria, ou podemos considerar o inverso.

Em muitos casos essas concorrências chegam a ser uma oportunidade para seu negócio, alguns clientes fazem suas próprias pesquisas e chegam a ver seus pontos fortes, referentes ao seu novo concorrente.

 

4. Faça o melhor

Após uma análise dos pontos fortes e fracos dos seus e de concorrentes, com esses dados você poderá colocar sua empresa com mais competitividade no mercado. Classifique sua empresa dentre os seus concorrentes, colocando há na mesma categoria.

Isto proporcionará uma visão ainda mais completa de onde sua empresa se encaixa no ambiente de competitividade do mercado. Também o ajudará a determinar em que áreas você terá de melhorar e quais características de sua empresa você deverá aproveitar para conquistar mais clientes.

 

Então foque no seu maior potencial, fazendo que seus clientes se sintam mais satisfeitos e felizes, não meça esforços em melhorar e aperfeiçoar os pontos fracos, isso fará com que seus concorrentes olhem para sua empresa de um modo diferente e assim o tornando ponto de referência, quando alguém pensar em onde adquirir ou comprar algum produto.

 

A pesquisa de concorrência pode ser feita através do BluesoftERP, que conta com um módulo específico de pesquisas.

Ricardo Machado

Analista de Negócios – Operações

Sobre esse tema recomendamos um post sobre como fazer uma analise de SWOT.