150108_FF_PayDownDebt

O Empréstimo Empresarial, quando bem administrado, pode muitas vezes ser o ponto de partida para fazer os negócios decolarem ou servir para fazer investimentos certeiros que irão garantir vantagens competitivas em relação aos concorrentes.

Em outros casos, o empréstimo também pode ser o calço necessário para garantir o capital de giro ou cobrir gastos mais urgentes e assim manter a continuidade do negócio, especialmente nos primeiros anos.

Para isso, é de extrema importância que o empreendedor conheça tudo sobre os empréstimos disponíveis no mercado para identificar qual linha de crédito é a que mais se adequa à sua necessidade, além de saber como otimizar o crédito obtido e evitar transtornos posteriores por possíveis dívidas.

Listamos abaixo os principais pontos que o empreendedor precisa ter em mente antes de solicitar o seu empréstimo empresarial:

 

vantagensVantagens em adquirir um empréstimo empresarial

 

Muitas vezes, as instituições financeiras oferecem algumas vantagens em empréstimos para empresas em relação a empréstimos para pessoa física. Dentre elas:

  • Taxas menores em relação a outros tipos de crédito;
  • Para alguns tipos de empréstimos, é comum ter prazos maiores para começar a pagar;
  • Possibilidade de investir nos negócios e fazê-lo crescer mais rapidamente;
  • Empréstimos podem ser uma alternativa para quitar dívidas de curto prazo que tenham um alto valor, podendo assim pagar posteriormente em parcelas menores que caberão no bolso do empresário.

 

como conseguirComo conseguir um empréstimo empresarial?

 

As instituições financeiras buscam sempre correr o menor risco possível de acabar levando um prejuízo, portanto, antes de conceder o empréstimo, é comum que estas instituições avaliem em todos os parâmetros se a empresa será capaz de pagar.

Para isso, alguns pontos são avaliados. Especialmente determinadas condições mais conhecidas como “Os Cinco C’s”.

  • Caráter: avaliação da reputação do empresário enquanto pessoa, seu histórico bancário e sua relação com o banco;
  • Crédito: avalia se o empresário é um bom pagador, se há dívidas não pagas em seu nome ou qualquer histórico de inadimplência;
  • Capacidade: aqui, é avaliada a capacidade de negócio da empresa através de informações fornecidas principalmente pela contabilidade e pela gestão financeira da empresa;
  • Caixa: nesse quesito, é avaliado o potencial que a empresa tem de gerar dinheiro e se este será suficiente para cobrir as parcelas do empréstimo;
  • Colaterais: por fim, são avaliadas as garantias que a empresa é capaz de oferecer caso não seja capaz de pagar as parcelas do empréstimo solicitado.

Quanto mais a empresa estiver por dentro dessas condições, maiores são as chances de conseguir o empréstimo empresarial.

 

antesO que devo fazer antes de solicitar um empréstimo?

 

Além das cinco condições que foram mencionadas acima, é importante que o empresário também esteja atento a diversos fatores que podem ser determinantes para que se obtenha o maior proveito do seu empréstimo, além de evitar o efeito “bola de neve” onde a empresa acaba se tornando incapaz de pagar o empréstimo solicitado. Veja agora alguns pontos para se atentar:

Identificar a necessidade do crédito

Conhecer exatamente o valor que é necessário e onde esse valor será investido.

Conhecer as Instituições Financeiras

É importante conhecer bem as instituições fornecedoras de crédito do mercado, bem como as taxas cobradas, prazos fornecidos, entre outros. Dessa forma, será possível buscar melhores vantagens para sua empresa.

Conhecer os empecilhos

Também é essencial que o empresário tenha conhecimento de todos os fatores que podem impedir a empresa de adquirir o crédito, tais como: situação legal da empresa, dívidas não pagas, etc. Com base nisso, é possível adiantar-se ao problema e tomar as medidas necessárias para regularizar a situação o mais rápido possível.

Avaliar as opções de crédito disponíveis

Existem hoje no mercado, diversas linhas de crédito para empresas que variam de acordo com o tipo de negócio, tamanho da empresa, entre outros fatores. É importante conhecê-las para identificar qual tipo de crédito é ideal para sua empresa.

 

mais comunsTipos de Crédito mais Comuns

 

Conforme mencionado, o mercado dispõe de várias opções de crédito para empresas. Essas opções podem variar de acordo com cada banco ou instituição financeira. Vejamos agora algumas das mais comuns:

  • Capital de Giro: Crédito para suprir as necessidades mais urgentes da empresa, tais como compras de produtos para estoque ou pagamento de funcionários, mantendo assim a continuidade do negócio.
  • Antecipação de Recebíveis: É uma forma de receber à vista vendas que foram feitas à prazo. Normalmente é utilizado para desconto de títulos, desconto de cheques pré-datados ou antecipação de cartões de crédito parcelados.
  • Financiamentos: Créditos de longo prazo mais utilizados para investimentos como compras de bens ou ativos para a empresa, destacando modalidades como: leasing, consórcios, cartão BNDES, créditos imobiliários, entre outros.
  • Minocrédito: Crédito destinado especificamente para empreendedores iniciantes (normalmente com um ano de empresa em funcionamento) e que desejam investir no próprio negócio.

 

instituiçõesInstituições Financeiras mais Procuradas

 

Algumas instituições são referências no mercado no ramo de empréstimos empresarias. Abaixo, relacionamos algumas das mais procuradas no momento de solicitar um empréstimo para empresas:

 

solicitandoSolicitando o Empréstimo Empresarial

 

Após verificar todos os fatores mencionados anteriormente, é hora de solicitar o seu empréstimo junto à instituição financeira escolhida. Para isso, você terá que estar com os seguintes documentos em mãos, todos devidamente atualizados:

  • Contrato social da empresa;
  • Quadro societário;
  • Cartão CNPJ;
  • Ficha cadastral da empresa;
  • Faturamento mensal do último ano.

Outro documento necessário para solicitação do empréstimo, é o plano de negócios. Este documento terá o objetivo de provar para a instituição financeira que o seu negócio vale a pena, demonstrando quais são os objetivos da empresa, bem como os passos necessários para que sejam alcançados, além de uma análise de mercado que comprovam a viabilidade da ideia ou do negócio.

 

apósO que fazer após conseguir o meu empréstimo empresarial?

 

Após obter o recurso desejado através do empréstimo, alguma dicas são essenciais para tirar o melhor proveito possível do seu crédito:

  • Evite ficar endividado: O empréstimo pode ser um bom recurso para cobrir dívidas mais urgentes, porém se não for bem administrado pode acabar tendo um efeito contrário ao esperado, pois acabará gerando uma dívida ainda maior devido aos juros cobrados. Portanto, antes de solicitar o seu empréstimo, avalie a real necessidade e antes de tudo busque negociar suas dívidas e deixe o empréstimo como um último recurso.
    Outro erro comum que pode acabar deixando o empresário em maus lençóis é solicitar um empréstimo para fazer um investimento que pode levar também ao aumento de compra de estoque, aumento no quadro de funcionários, porém as vendas podem não corresponder ao esperado. Por isso, um plano de negócios bem elaborado e realista é tão importante antes de tomar qualquer decisão.
  • Saiba onde investir: opte sempre em fazer empréstimos para investimentos no negócio como compras de máquinas e equipamentos, reservando os próprios recursos para garantir o capital de giro da empresa. Dessa forma, é possível reduzir consideravelmente o risco de dívidas.
  • Mantenha suas finanças em dia: a melhor maneira de evitar transtornos ou surpresas desagradáveis é manter sempre sua gestão financeira em dia. Para isso, faça planejamentos considerando o seu fluxo de caixa, de modo que você saiba exatamente quais serão os seus gastos ou onde terá mais lucros, identificando assim possíveis ações a serem tomadas com antecedência. E para facilitar a sua gestão financeira, conte com os recursos oferecidos pelo Bluesoft ERP.

Gostou?

Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica?

Por favor, deixe seu comentário no final da página.

Até a próxima.

Gleycielle Souza

Analista de Negócios – Financeiro